domingo, 18 de maio de 2014

Visão literal da Bíblia - Rainha Ester

Volto ao livro de Daniel C. Dennett e Linda LaScola, Caught in the Pulpit: Leaving Belief Behind.

Desta vez, cito um trecho do capítulo em que se trata de como os seminaristas reagem aos primeiros cursos que recebem nos Seminários sobre a Bíblia .
Justamente para tentar amenizar o impacto sobre os seminaristas de um estudo histórico/crítico da Bíblia, em um certo Seminário instituiu-se uma aula demonstração para futuros possíveis alunos. Como veremos, essa providência não resolveu o problema, apenas o antecipou um bocadinho.

Fala sobre isso Beatriz, a professora encarregada da aula demonstração:

Escolhi este tópico [o livro de Ester] de propósito, porque pensei: “Este é um livro ao qual ninguém dá muita importância, e se eu introduzo os alunos à ideia de que ele não é historicamente verdadeiro ou não ocorreu daquela maneira” - nunca houve uma Rainha Ester - “isso não deixará ninguém muito chateado.” Nós sabemos isso porque conhecemos um bocado a respeito desses reis Persas. Sabemos os nomes de todas as suas esposas e não houve nenhuma Ester, nunca. Assim, estamos bastante seguros de que nada parecido com aquilo ocorreu. Desse modo eu pensei que eu deveria escolher esta história e então falar a respeito de como eu penso que nós podemos ainda olhar para esses livros e meditar acerca da teologia que eles expressam. Nós formávamos um grande círculo, com todos esses alunos prospectivos que eu não conhecia e eu disse a eles que esta história jamais ocorreu tal como narrada mas que esse não é o ponto final; temos de olhar para esses textos, eles ainda são valiosos.... Mas depois da aula uma jovem, uma entre os alunos prospectivos, disse-me que naquele momento em que eu disse a ela que nunca houvera uma Rainha Ester seu mundo inteiro desabou.

1 comentário:

Daniela Menicucci de Faria disse...

Muito interessante o blog, sou prima da Eleonora e meu sogro foi muito amigo do Ricardo na época de militância. Teria algum contato do Ricardo? Ele gostaria muito "rever" o amigo. Obrigada, Daniela Menicucci. danimenifaria@gmail.com